1
Celso Chambisso
May 24, 2019

Autoridades apertam no controlo do comércio externo

O Banco Central decidiu impor a obrigatoriedade de as empresas registarem todas as operações de importação, medida que vai reforçar a retenção de divisas na economia

1
2
Fotografia
:

Está em curso um trabalho integrado, nvolvendo o Banco de Moçambique, a Autoridade Tributária, ministérios da área económica, McNet, entre outras entidades, e que consiste na utilização de todos os meios electrónicos (em que a Janela Única Electrónica, JUE, assume papel de relevo), para o registo de todas as operações relativas ao comércio externo. A ideia é substituir os mecanismos manuais de registo, que tornam difícil o controlo da saída ou retenção de divisas.

Segundo o representante do Banco Central que assumiu a responsabilidade de esclarecer à imprensa as vantagens da digitalização dos registos, Paulo Mandlate, a economia tem estado a perder grande volume de divisas, porque “várias vezes ocorre que as mercadorias importadas são inferiores à moeda estrangeira que sai em nome das mesmas operações, ou o volume de exportações é acima das divisas que o país recebe”.

A obrigatoriedade de registo electrónico das importações e exportações já está em prática, mas são ainda poucas as empresas que já utilizam os novos procedimentos.

Em destaque

7

Leia também