1
Hermenegildo Langa
April 4, 2019

Banco Mundial financia electrificação rural no país

O objectivo é aumentar o acesso a rede eléctrica nas comunidades rurais do país de forma a expandir também os projectos de geração de renda nos distritos

1
2
Fotografia
:

O Banco Mundial concedeu um financiamento de 148 milhões de dólares a Moçambique para aumentar o acesso a energia eléctrica em cinco das províncias mais pobres do país, segundo um comunicado divulgado em Washington.

O comunicado, que menciona Niassa, Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Sofala como as cinco províncias, informa que do montante global 82 milhões de dólares são uma doação, sendo os restantes 66 milhões garantidos por um fundo de doadores múltiplos administrado pelo Banco Mundial.

“Com potencial para beneficiar 1,5 milhões de pessoas, o presente financiamento ajudará a executar o programa do governo de Moçambique ‘Programa Nacional de Energia para Todos’, também conhecido por ProEnergia”, pode ler-se.

Mark Lundell, director do Banco Mundial para Moçambique, afirma no comunicado que a “relação entre pobreza e falta de electricidade é um dado adquirido há muito tempo”, pelo que o presente projecto pretende reduzir a pobreza no país através do aumento ao acesso a energia eléctrica.

O líder do Banco Mundial para este projecto, Zayra Romo, afirmou que embora a electricidade chegue a todos os 154 distritos do país, há ainda um número significativo de casas e negócios que ainda não estão ligados à rede nacional.

“Está estimado que este projecto permita fazer com que 272 mil novos clientes passem a ter acesso a energia eléctrica, representando um número de pessoas calculado em 1,45 milhões, dos quais 74% residem em zonas rurais.”

Em destaque

7

Leia também