1
Hermenegildo Langa
January 11, 2019

BM sanciona funcionários do extinto Nosso Banco

A medida aplicada pelo BM e publicada através de um comunicado, aponta que os gestores cometeram infracções previstas e puníveis nos termos da Lei 15/99 e 9/2004, entre os anos de 2014 e 2015

1
2
Fotografia
:

Seis funcionários do extinto Nosso Banco acabam de ser sancionados com multas de 500 mil meticais e inibição de três anos do exercício de cargos sociais e de funções de gestão em instituições de crédito e sociedades financeiras.

Trata-se Adelino Magomanhane Buque, Mariano Araújo Matsinha, Francisco Mazoio, Tomás Roque Sando, Mussa Bachir Tembe e Jaime Fernando Mutolo, que são ex-membros do Conselho de Administração, assumindo cargos executivos e não executivos.

O Nosso Banco, SA, foi encerrado por ordens do Banco de Moçambique em Novembro de 2016, devido à falta de capitalização, de uma estrutura económico-financeira sustentável e a graves problemas de liquidez e de gestão.

O extinto banco era detido maioritariamente pelo Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), com 77.2%, e pela empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM), com 15.1%.

Em destaque

7

Leia também