1
Hermenegildo Langa
December 14, 2018

ENH procura alternativas de financiamentos para participar na exploração do gás

São necessários 12 mil milhões de dólares para as duas primeiras linhas de liquefação

1
2
Fotografia
:

Depois de ter conseguido entrar com a aceitação de uma garantia soberana, a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) procura encontrar alternativas para financiar a sua participação na Área 1 de gás natural no país.

Segundo o ministro dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, “trata-se de instituições de crédito que vão suportar o financiamento de 12 mil milhões de dólares para as duas primeiras linhas de liquefação, a instalar na Península de Afungi, província de Cabo Delgado, e com capacidade de produção de 12 milhões de toneladas por ano de gás natural líquido (GNL) pelo consórcio liderado pela petrolífera norte-americana Anadarko”.

Tonela explica que o objectivo do financiamento é ter sustentabilidade financeira e aliviar o ónus dos outros concessionários.

Em destaque

7

Leia também