1
Hermenegildo Langa
February 15, 2019

Grupo indiano vai importar gás de Moçambique dentro de cinco anos

Para a concretização desta acção o grupo irá assinar um contrato de compra e venda com a Mozambique LNG1 Company Pte.Ltd, a empresa de comercialização do bloco Área 1

1
2
Fotografia
:

O grupo indiano, Bharat Petroleum Corporation Ltd (BPCL) pretende importar um milhão de toneladas, por ano, de gás natural extraído na bacia do Rovuma dentro de cinco anos.

A Bharat Petroleum Corporation está igualmente a analisar um projecto para a construção de um terminal para receber gás natural com uma capacidade entre um milhão e três milhões de toneladas por ano, a fim de satisfazer a crescente procura que se verifica na Índia.

O PCA da ENH, Omar Mithá, recordou que uma empresa indiana cujo nome não divulgou já assinou um contrato de compra e venda de gás natural a extrair naquele bloco.

Uma decisão final de investimento para a exploração dos depósitos de gás natural no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, deverá ocorrer em Março/Abril, disse o presidente da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

O bloco Área 1 é operado pela Anadarko Moçambique Área 1, Ltd, uma subsidiária controlada a 100% pelo grupo Anadarko Petroleum, com uma participação de 26,5%, a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%), and PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%).

Em destaque

7

Leia também