1
Celso Chambisso
January 16, 2019

HCB ultrapassou meta de 1,39% na produção de energia eléctrica em 2018

Para o presente ano, a Hidroeléctrica de Cahora Bassa prevê aumentar ainda mais a produção, graças aos investimentos na modernização dos equipamentos

1
2
Fotografia
:

A produção de energia eléctrica da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), na província de Tete, fixou-se em 13,659 gigawatts hora, em 2018, número que representa um acréscimo superior à meta anual inicialmente estabelecida de 1,39%, informou a empresa em comunicado.

A HCB informa ainda que a produção registada foi atingida num ano em que devido às medidas de gestão hidrológica tomadas pela empresa, em conjugação com a melhoria das afluências, se verificou uma melhoria gradual de armazenamento de água na albufeira de Cahora Bassa.

A empresa estabeleceu como meta para 2019 uma produção de 14,809 gigawatts hora.

“A melhoria do desempenho e o aumento da produção energética, maximizando a capacidade instalada, resulta também do plano de modernização das infraestruturas da cadeia de produção, que a Hidroeléctrica de Cahora Bassa está a implementar”, lê-se na nota.

Trata-se do CAPEX Vital 10 anos, que prevê, essencialmente, investimentos na barragem, central de geração, subestações do Songo e de Matambo e nas linhas de transporte de energia, visando aumentar a fiabilidade técnica e operacional, diz o comunicado.

O documento acrescenta que, para garantir a estabilidade da empresa, viabilizar os programas críticos de investimento e a venda de 7,5% das acções representativas do capital social da empresa em bolsa, foi aprovada pelo governo a extensão da concessão da exploração do empreendimento por mais 15 anos a partir de 2033.

A HCB é uma empresa moçambicana criada em 23 de Junho de 1975, situada na vila de Songo, província de Tete, e que produz energia eléctrica a partir da barragem de Cahora Bassa.

Em destaque

7

Leia também