1
Hermenegildo Langa
February 28, 2019

Portugal vai formar professores moçambicanos na área de turismo

O acordo para o arranque da formação vai ser assinado em Portugal, no âmbito da edição de 2019 da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre entre 13 e 17 de Março

1
2
Fotografia
:

Portugal vai apoiar Moçambique na formação de quadros na área de turismo para gestão do património da Ilha de Moçambique, em Maputo, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

"Trata-se de uma parceria que será desenvolvida com um instituto de formação na ilha de Moçambique, como forma de contribuir para o aproveitamento do valor histórico e turístico local", disse Ana Mendes Godinho, no segundo dia de uma visita de trabalho a Moçambique.

A formação, que se espera que arranque em Julho, vai abranger numa primeira fase professores na ilha de Moçambique e, numa segunda fase, estudantes, que vão ser instruídos em matérias ligadas à importância do uso de métodos tecnológicos na divulgação do potencial turístico da ilha.

"A ilha de Moçambique tem um valor histórico e pode ser um exemplo de como o turismo pode ajudar no desenvolvimento local", acrescentou a secretária de Estado do Turismo de Portugal, que visitou a ilha na Terça-feira.

Para Ana Mendes Godinho, a qualificação dos recursos humanos na área do turismo é um dos principais desafios para todos os países lusófonos, além da acessibilidade aérea e a sustentabilidade do sector.

"Em todos países lusófonos é necessário que se garanta que o turismo seja um instrumento de desenvolvimento sustentável. É preciso assumir o turismo como instrumento chave para o desenvolvimento destes países", concluiu Ana Mendes Godinho.

Ocupando uma área de 245 quilómetros quadrados, a ilha de Moçambique, na província de Nampula, foi a primeira capital do país, permanecendo de pé diversos monumentos históricos, como a Fortaleza de São Sebastião.

Em 1991, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) considerou a ilha de Moçambique Património Mundial da Humanidade.

No âmbito das comemorações do bicentenário como cidade no ano passado, Portugal organizou um total de sete exposições, na Ilha e em Maputo, além de seminários, documentários e outras actividades ligadas à cidadania e a boas práticas.

Em destaque

7

Leia também