1
Redacção
April 2, 2019

UX destacada para promover o desenvolvimento de África

A distinção é feita pelo Institut Choiseul através da lista designada “200 AFRICA Economic Leaders for Tomorrow” que compõe jovens líderes africanos

1
2
Redacção
Fotografia
:

A iniciativa nomeou Frederico Silva, membro fundador e presidente da UX Information Technologies, como um dos integrantes da lista de jovens líderes africanos que vão desempenhar um papel importante no desenvolvimento de África.

Depois de reuniões em Paris, Marraquexe, Cairo, Argélia e Abidjan, a Sétima Cimeira de Choiseul em África decorreu em Luanda, capital angolana, nos dias 29 e 30 de Março último. Este evento (Choiseul Africa Summit – Luanda) reuniu líderes africanos e os laureados (empresários em expansão, empreendedores de sucesso, investidores, entre outros), que incorporam o dinamismo, a renovação de todo um continente e carregam as esperanças de toda uma geração.

No centro dos processos decisórios e das principais questões estratégicas que movem o Instituto, estão os diálogos nacionais e internacionais que ajudam a melhor entender a evolução e a complexidade da gramática das relações económicas globais.

Para Frederico Silva esta nomeação, parte do reconhecimento que UX tem no panorama nacional e internacional, no desenvolvimento de acções de impacto social, recorrendo ao exemplo dos serviços Biscate e emprego.co.mz.

“É também um privilégio fazer parte de uma rede tão robusta, que reúne habilidades e conhecimentos para desenvolver uma infinidade de actividades e produzir saberes úteis para alimentar reflexões, para estar atento às dinâmicas mundiais e desenvolver parcerias para detectar oportunidades”, frisou Frederico.

Tânia Tomé, Directora Executiva da ECOKAYA INVESTMENTS, também foi nomeada para integrar à lista 'Choiseul, 200 AFRICA Economic Leaders for Tomorrow', representando Moçambique.

A lista 'Choiseul, '200 AFRICA Economic Leaders for Tomorrow' é um estudo anual, destacado desde 1997, centrado em pesquisas que visam desenvolver parcerias entre diferentes actores, para criar relações económicas e estimular o desenvolvimento global.

O Instituto é movido pela filosofia “True Advocacy Center” e implantado através da sua política de publicações e organização de eventos.

Em destaque

7

Leia também